Quem Somos Nós

O uso de cannabis medicinal no tratamento de condições neurológicas, como a doença de Alzheimer e a esclerose múltipla.

A cannabis medicinal tem sido estudada por seus potenciais benefícios no tratamento de condições neurológicas, como a doença de Alzheimer e a esclerose múltipla.

Doença de Alzheimer: A doença de Alzheimer é uma condição neurodegenerativa progressiva que afeta a memória e outras funções cognitivas. Estudos iniciais sugerem que o CBD pode ajudar a reduzir a inflamação e o estresse oxidativo no cérebro, ajudando a proteger as células cerebrais da morte e melhorando a função cognitiva em pacientes com doença de Alzheimer. O CBD também pode ajudar a reduzir a agitação e outros sintomas comportamentais em pacientes com doença de Alzheimer.

Esclerose múltipla: A esclerose múltipla é uma condição autoimune que afeta o sistema nervoso central, causando danos aos nervos e resultando em sintomas como fraqueza muscular, fadiga e problemas de coordenação. Estudos sugerem que a cannabis medicinal, incluindo o CBD e o THC, pode ajudar a reduzir a dor, a espasticidade muscular e outros sintomas em pacientes com esclerose múltipla. O CBD também pode ter efeitos neuroprotetores, ajudando a prevenir a morte de células nervosas e reduzindo a inflamação no sistema nervoso central.

Embora ainda sejam necessárias mais pesquisas para confirmar os benefícios da cannabis medicinal no tratamento de condições neurológicas, os resultados iniciais são promissores. É importante notar, no entanto, que cada paciente é único e que os efeitos da cannabis medicinal podem variar dependendo da dose, da qualidade do produto e de outras condições médicas ou medicamentos em uso. É importante conversar com um profissional de saúde antes de usar produtos de cannabis medicinal para tratar condições neurológicas.

Leia Outros Artigos

Fale com nossa equipe!

Obrigado pela visita!

Receba nossos artigos e informações em primeira mão